PARTICIPE DE UM DESTES CURSOS - FAÇA JA SUA INSCRIÇÃO

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Calendário de Pagamento dos Servidores do Estado do RS.




A Secretaria da Fazenda (Sefaz) informa que o pagamento referente ao mês de outubro para os servidores públicos estaduais começa na quinta-feira (27). Enquanto isso, o servidor pode conferir seu contracheque antes mesmo do pagamento, tanto nos terminais eletrônicos como no site do banco, e também por meio do Portal RHE (www.servidor-rhe.rs.gov.br). Se necessário, o contracheque pode ser impresso e utilizado com o mesmo valor legal do emitido pelo Estado.



A Sefaz alerta que as ações para o recadastramento 2011, com pendências superior a 60 dias, foram adiadas em razão das greves dos Correios e Bancos.



Confira abaixo o calendário com as datas do pagamento:


Quinta-feira (27/10)

Magistério, Quadro Geral, Quadro Servidores de Escola, Inativos Ferroviários e FEPPA



Sexta-feira (28/10)

Polícia Civil e Brigada Militar (exceto Delegados, Capitães e Oficiais), SUSEPE e Institutos (exceto Técnicos Penitenciários e Peritos), Saúde Nível Médio e Cargos em Comissão vinculados ao Quadro Geral.

Segunda-feira (31/10
Demais servidores do Executivo.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Aprovado aumento de Vencimento da Brigada Militar.


Salario/Carreira
Postado em: 18/10/2011 às 20h45


APROVADO AUMENTO DA BRIGADA MILITAR



A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, o reajuste de R$ 91,00 nos vencimentos dos servidores de nível médio da Brigada Militar. O montante representa um aumento de 23,5% nos salários dos soldados e de 10,75% no contracheque dos tenentes.

Com o reajuste, que será concedido em duas parcelas, o menor salário da corporação chegará a R$ 1465,31 em abril de 2012. “Ninguém nega que o salário dos servidores da segurança é baixo para quem desempenha uma função social tão importante. No entanto, a proposta enviada à Assembleia é resultado de negociação com os servidores e representa o esforço do governo gaúcho para a recomposição dos vencimentos da categoria”, afirmou o deputado Jeferson Fernandes (PT).

Segundo o parlamentar, as negociações com o governo não encerraram. “Além do reajuste, está aberto o debate sobre a readequação da matriz salarial, o atraso nas promoções de soldados antigos e a alteração do regulamento interno da Brigada Militar”, apontou.

Rebatendo críticas da oposição, o deputado Alexandre Lindenmeyer (PT) lembrou que não é a primeira vez que o governo do Estado concede reajuste diferenciado para os servidores. “No governo passado, a cúpula da Brigada foi premiada com percentuais que chegaram a 19% e a base da pirâmide ficou à míngua. O atual projeto procura corrigir as distorções, que aprofundam a distância entre os mais altos e os mais baixos salários”, frisou.


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

FAÇA O SEU CARNAVAL COM O BLOCO KIZUEIRA, VERIFIQUE AS CONDIÇÕES

Grande Festa do Dia das Crianças na Sede Campestre da ACAS-ASNM-BM.

Teatro de Fantoches-Fotos Marcio

Organizadores

Festa - Fotos -Folha


Festa do dia das Crianças na ACAS-ASNM-BM de São Gabriel RS.
Por Marcio
Teatro fantoches apresentado por integrantes da Ambiental
Quando se ouve dizer que a Brigada Militar é uma família, ninguém imagina que uma instituição pode levar ao pé da letra a definição dada por integrantes da unidade militar. A Associação de Cabos e Soldados da Brigada Militar (ACAS – BM) consegue mostrar para a comunidade o lado social da polícia, aproximando o brigadiano da população.
Na tarde de domingo (16), na sede campestre da ACAS, dirigentes da entidade conseguiram reunir mais de 400 crianças, entre elas, filhos de militares, integrantes do Projeto Criança Cidadã e moradores do Bairro São Bento. Mesmo com alguns dias de atraso, o objetivo da festa foi comemorar o Dia da Criança. Uma chuvarada, no meio de semana, impediu que o evento acontecesse no dia 12.
E valeu a pena esperar. O sol, com temperatura acima de 30ºC, deu condições para que os organizadores desenvolvessem a programação na integra, com brincadeiras, jogos e teatro. Aliás, o teatro foi uma atividade a parte, com a participação especial do comando do Grupo de Polícia Ambiental de São Gabriel, com a apresentação de bonecos fantoches com o tema meio ambiente.
Durante toda tarde, policiais militares do Grupo de Polícia Montada organizaram passeios com utilização de cavalos e, bombeiros, com um caminhão do Corpo de Bombeiros.
Com a sede campestre lotada, as crianças puderam escolher o que queriam: pipoca, algodão doce, picolé, refrigerante, cachorro quente ou bolo. Melhor, quem optou, pode aproveitar tudo isso.
Segundo a direção da ACAS-BM, doces e salgados foram adquiridos pela Associação, numa ação que visa ampliar a participação de associação, integrando e confraternizando.

Mais fotos no Jornal online Folha da Classe, http://www.folhadaclasse.com.br/

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

É O QUE LHE DESEJAMOS - BOM DIA


COMO FAZER O REQUERIMENTO DO TERÇO DE FÉRIAS - VEJA NO PORTAL DO SERVIDOR

INFORMAÇÃO IMPORTANTE, FAÇA O REQUERIMENTO DIRETO EM SEU PORTAL DO SERVIDOR .


NA COLUNA DA ESQUERDA - CLIQUE EM Adesão Rest. Prev. e opte em aderir ou não aderir


Mensagem
Retrato Funcional
Histórico Funcional
Eventos do Histórico
Formação/Capacitação
Contracheques RHE
Contracheques Anteriores
Comprov. Rendimentos 2010
Comprovante de Rendimentos
Frequência
Férias
Licença Prêmio/Especial
Averbação Tempo de Serviço
Tempo de Serviço

Alteração de Senha
Contracheque em Papel
Bloqueia/Libera Acesso
Adesão Rest.Previd.1/3 Férias

Fale Conosco
Encerrar


Selecione a opção para fazer a adesão à restituição do desconto previdenciário de 1/3 das férias gozadas no período de 2 de julho de 2005 a 31 de julho de 2010.


ATENÇÃO: Após enviada, a adesão NÃO PODERÁ SER ALTERADA NEM DESFEITA!


ADERIR (Servidor que possui ação judicial) Nro.da Ação Judicial:
ADERIR (Servidor que não possui ação judicial)



terça-feira, 11 de outubro de 2011

12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS, MAIS A ACAS-ASNM-BM FARÁ A FESTA DIA 16 DE OUTUBRO 2011 NA SEDE CAMPESTRE.


PROJETO QUE FIXA EFETIVO NA BRIGADA MILITAR

JUSTIFICATIVA
O projeto de lei que ora encaminho a essa Egrégia Casa Legislativa objetiva promover alterações na
Lei nº 10.993, de 18 de agosto de 1997, que fixa o efetivo da Brigada Militar do Estado.
As missões da Instituição, postas nas Cartas Federal e Estadual, essencialmente o exercício da polícia ostensiva e da preservação da ordem pública, além da prevenção e combate a incêndio, buscas e salvamentos e as atividades de defesa civil, acabam por lhe impor, constantemente, que aprimore sua estrutura de forma a que possa cumprir suas funções com o máximo de observância aos princípios da Administração Pública, com destaque para os da supremacia do interesse público e o da eficiência.
Neste contexto, é fundamental que a Brigada Militar disponha de recursos humanos em quantidade e com a qualidade necessárias para o desempenho de suas missões. Todavia, como Organização baseada na hierarquia e disciplina, com estrutura escalonada, é necessária a adequação da dotação de cargos,
especificamente quanto à graduação de 3º Sargento, a fim de que esta contenha previsão numérica não inferior às demais graduações que lhe sucedem na linha hierárquica ascendente.
Procedendo-se tal correção, será possível à Brigada Militar melhor adequar os cargos e funções correspondentes à graduação de seus militares estaduais 3º Sargentos, considerando-se, para tanto, o contexto do exercício das competências incumbidas à Corporação na prestação do serviço de segurança pública aos cidadãos do Estado do Rio Grande do Sul.
Poder Executivo
34933CC3 11/10/2011 13:04:32 Página 1 de 1




Projeto de Lei nº 346 /2011
Poder Executivo
Altera dispositivos da Lei n° 10.993, de 18 de agosto de 1997,
que fixa o efetivo da Brigada Militar do Estado e dá outras
providências.
Art. 1º Na Lei nº 10.993, de 18 de agosto de 1997, que fixa o efetivo da Brigada Militar do Estado e dá outras providências, no art. 1º o caput, as alíneas “b” e “c” do inciso II, o parágrafo único que passa a ser o § 1º e o § 2º, incluído por esta Lei, passam a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 1º O efetivo da Brigada Militar do Estado é fixado em 36.422 (trinta e seis mil, quatrocentos
e vinte e dois) cargos de servidores militares estaduais, entre Oficiais e Praças, assim distribuídos:
....................................
II - ..............................
....................................
b) de Polícia Ostensiva - Qualificação Policial-Militar 1 (QPM-1):
- 2.325 cargos de Primeiro-Sargento;
- 3.518 cargos de Segundo-Sargento;
- 5.240 cargos de Terceiro-Sargento;
- 19.432 cargos de Soldado;
c) Bombeiros - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2):
- 301 cargos de Primeiro-Sargento;
- 546 cargos de Segundo-Sargento;
- 560 cargos de Terceiro-Sargento;
- 2.609 cargos de Soldado.
....................................
§ 1º Os cargos de Terceiro-Sargento, quando extintos, reverterão a outros cargos nas proporções
fixadas pela Lei Complementar n° 10.992, de 18 de agosto de 1997, que dispõe sobre a carreira dos
Servidores Militares do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências.
§ 2º Os cargos de Terceiro-Sargento previstos neste artigo, e por consequência o efetivo previsto
no caput deste artigo, serão acrescidos gradativamente na forma da Lei.”
Art. 2º Os cargos de servidores militares estaduais acrescidos por esta Lei, com efetivo fixado na
Lei nº 10.993, de 18 de agosto de 1997, serão preenchidos conforme segue:
I – a partir de 18 de novembro de 2011:
a) 655 (seiscentos e cinqüenta e cinco) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar
1 (QPM-1) e 45 (quarenta e cinco) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 34.322
(trinta e quatro mil, trezentos e vinte e dois) cargos de servidores militares estaduais.
II – a partir de 21 de abril de 2012:
a) 327 (trezentos e vinte e sete) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1
(QPM-1) e 22 (vinte e dois) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 34.671
(trinta e quatro mil, seiscentos e setenta e um) cargos de servidores militares estaduais.
III – a partir de 18 de novembro de 2012:
a) 328 (trezentos e vinte e oito) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1
(QPM-1) e 23 (vinte e três) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 35.022 (trinta e cinco mil e vinte e dois) cargos de servidores militares estaduais.
IV – a partir de 21 de abril de 2013:
34933CC3 11/10/2011 12:52:38 Página 1 de 2
a) 327 (trezentos e vinte e sete) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1 (QPM-1) e 22 (vinte e dois) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 35.371
(trinta e cinco mil, trezentos e setenta e um) cargos de servidores militares estaduais.
V – a partir de 18 de novembro de 2013:
a) 328 (trezentos e vinte e oito) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1 (QPM-1) e 23 (vinte e três) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 35.722 (trinta e cinco mil, setecentos e vinte e dois) cargos de servidores militares estaduais.
VI – a partir de 21 de abril de 2014:
a) 327 (trezentos e vinte e sete) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1 (QPM-1) e 22 (vinte e dois) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2);
b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 36.071 (trinta e seis mil e setenta e um) cargos de servidores militares estaduais.
VII – a partir de 18 de novembro de 2014:
a) 328 (trezentos e vinte e oito) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 1 (QPM-1) e 23 (vinte e três) cargos de Terceiro-Sargento - Qualificação Policial-Militar 2 (QPM-2). b) o efetivo da Brigada Militar do Estado, na data prevista neste inciso, será fixado em 36.422
(trinta e seis mil, quatrocentos e vinte e dois) cargos de servidores militares estaduais.
Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

VAMOS LÁ REQUERER OS DESCONTOS INDEVIDOS DO TERÇO DE FÉRIAS DESDE 2005


Contato 84282059
Twitter: @sgtjabrum
Acesse o Blog: http://acsjar.blogspot.com/




--------------------------------------------------------------------------------
Date: Tue, 11 Oct 2011 11:31:43 -0300
From: bruno@casamilitar.rs.gov.br
Subject: "UU" - Restituição de Descontos Indevidos
To:


Caríssimos(as) Colegas, o Exmo Sr Governador do RS, na presente data, através do Diário Oficial do Estado, tornou público o Decreto nº 48.431/2011, ao qual versa sobre DESCONTOS INDEVIDOS nos terços de férias desde 2005, ao qual serão RESTITUÍDOS aos funcionários do Executivo que REQUEREREM, conforme documentos em anexo.

Saliento que já no mês de novembro teremos a restituição da 1ª das quatro parcelas, porém, existe a necessidade do requerimento urgente para que se consiga incluir tal solicitação em folha, visto a exiguidade de tempo.

Abraço e estamos à disposição!




--------------------------------------------------------------------------------

Aldo BRUNO Ferreira - 1º Ten PM
Gabinete do Governador - Casa Militar - Defesa Civil (51)3210-4216 - (51)8443-7468
Os Anexos devem ser retirados em sua associação, ACAS-ASNM-BM ou nas OPM.



JANTAR BAILE COM A BANDA MUSICAL DESTAK DIA 05 NOVEMBRO 2011.


STA

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

UM AVISO DE ALERTA, NÃO ESTAMOS DORMINDO DE BOTINA..


Missão Crítica da Cobrança:
Por LCBergenthal
A cobrança é vista como uma batalha persuasiva a ser travada com o devedor, utilizando técnicas e estratégicas de cobrança variáveis, primando pela ética, respeito e seriedade nas abordagens.

Encarando o problema da cobrança para solucioná-lo:
- Cobrança é uma tarefa específica e personalizada;

- A Cobrança não é feita através de "processo industrial", em série. Todo devedor tem uma história, considerando os vários vetores envolvidos em uma venda ou acordo contratual;

- Para se analisar as perspectivas de recebimento na cobrança, deve-se ponderar todos os vetores mais importantes para se identificar o risco de liquidez da cobrança; caso se perceba possibilidade de não receber (baixa liquidez), priorize a intensidade na cobrança dentro dos primeiros 30 dias, caso não resolva, procure contratar uma empresa de cobrança.

A parte crítica da carteira de títulos em atraso, além do formato de concessão de crédito, está no prazo de permissão da inadimplência do devedor. Se a sua empresa tem a filosofia de que o devedor fique mais de 30 dias em atraso, esta é uma possibilidade de baixa liquidez (o risco de não recuperar o valor do crédito concedido ao devedor); neste caso sua empresa poderá amargar prejuízo. Este é o risco do prazo longo e a missão crítica da cobrança. Se o prazo se estender por mais de 30 dias, fique alerta pois o risco do não recebimento se acentuou.

Se você quer continuar antenado no site Dicas de Cobrança, identificando técnicas e aprendendo como fazer cobrança, clique no botão "seguir", ao lado esquerdo, no campo "ACOMPANHE DICAS DE COBRANÇA".
-Hoje as cobranças que tramitam na justiça, esta sendo cobrado conforme a lei de talião, dente por dente, olho por olho, ou pela covardia de mandar seus aceclas, bandidos, transvestidos de bons homens, cobrar com socos e pontapés, em um total desrespeito para qualquer ser humano, estamos de olho ou pensa que não estamos vendo isto ocorrer sem qualquer providências. Chega de vermos este tipo de coisas acontecer, saiba que o que aqui se faz aqui se paga.
-Quem tem horta não deve couve, mais quem bate esquece, quem apanha jamais vai esquecer os atos insano, covardes feitos contra uma pessoa, seja ela qual for, por mais errado que esteja ninguém tem este direito. Devemos dar respeito para sermos respeitados.





GRANDE JANTAR BAILE COM A BANDA DESTAK - DIA 05 DE NOVEMBRO 2011


quarta-feira, 5 de outubro de 2011

PROTOCOLADO NA CASA CIVIL E AL REJEIÇÃO DA CATEGORIA POR REAJUSTE NÃO LINEAR

ACESSE O BLOG DA ACAS -ASNM-BM POR ESTE LINK E MANTENHA EM SEUS FAVORITOS

 



Protocolado na Casa Civil e na AL rejeição da categoria por reajuste não-linear
Postado em04 outubro 2011.
O presidente da ASSTBM, Aparício Santellano, acompanhado do vice-presidente Olivo Moura, estiveram na manhã desta terça-feira, 04, entregando um requerimento endereçado ao presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde. O objetvo foi solicitar que seja suprimidos do Projeto de Lei 318/2011 a previsão dos reajustes salariais destinados aos 3º Sargentos, 2º Sargentos, 1º Sargentos, Subtenentes e aos 1º e 2º Tenentes. Essa resolução se faz em repúdio à maneira desigual com que o Governo vem tratando os servidores de nível médio da Brigada Militar. Também foi entregue aos deputados líderes de bancada dos partidos, assim como na Casa Civil, onde foram recebidos pelo Chefe de Gabinete, Flavio Helman, que encaminhará ao governador Tarso Genro. Também esteve presente o presidente da Associação dos Acidentados da Segurança Pública do RS, João Fernandes Rodrigues, assim como o Sargento Dagoberto Valterman. Essa solicitação está calcada na decisão soberana e unânime da categoria que votou em assembleias regionalizadas entre os dias 16 e 21 de setembro, sendo ratificada em assembleia pública no dia 28 de setembro, em frente ao Palácio Piratini. A intenção não é prejudicar os Soldados, que aceitaram precipitadamente a proposta do Governo de reajuste de maneira diferenciada, mas sim evitar que os Sargentos e Tenentes sejam discriminados com esses percentuais. Também solicitaram que seja reaberta as negociações com a Casa Civil, para que se possa rever os índices oferecidos e o fator de cálculo da Matriz salarial para Março/2012, como forma de minimizar as perdas que serão sofridas por Sargentos, Subtenentes e Tenentes